MIDITEC gradua três novas startups e abre processo seletivo

A iniciativa mantida pela ACATE em parceria com o Sebrae/SC já ajudou a gerar mais de 1,6 mil empregos em Santa Catarina

O MIDITEC, incubadora gerida pela ACATE e mantida pelo Sebrae/SC, está graduando mais três startups. A iniciativa já ajudou no desenvolvimento de 112 empresas de tecnologia na Grande Florianópolis, o que representa cerca de 14% dos empreendimentos do setor na região. 85% dos negócios iniciados no MIDITEC ainda estão em funcionamento.

 

A myTapp, que desenvolve soluções de automatização de chopeiras; a Krp Diem, que atua no mercado de análise de dados; e a Byond, que desenvolve soluções de rastreabilidade de produto utilizando IoT; são as três novas graduadas da incubadora.

 

“Entramos no processo de incubação no final de 2015 e ficamos na modalidade de incubação virtual”, conta Mateus Bodanese, CEO da myTapp. Mesmo com a incubação virtual, as ferramentas e materiais foram fundamentais para o crescimento da empresa durante o período. “Isso, com certeza, nos ajudou muito a desenvolver a maturidade que a empresa se encontra neste momento. Tivemos também o programa de apadrinhamento com o Victor Levy, CEO da Cata Company, que, junto a outros consultores, trouxe uma experiência de negócios que nós não tínhamos”, completa Mateus.

 

O crescimento da myTapp foi rápido, no ano em que entraram na incubação fecharam o faturamento em R$ 8 mil. Após a graduação, a previsão é faturar R$ 2,8 milhões até o final de 2018.

 

Para Urgel Augustin, CEO da Krp Diem, estar no MIDITEC foi um sonho que se tornou realidade. “Ficamos felizes com o período e a experiência, principalmente, pelas pessoas que conhecemos”, quando a KRP Diem entrou no MIDITEC, o faturamento era nulo. Hoje, a empresa já atingiu a marca de 1 milhão por ano.

 

Para Gustavo Yugo, CEO da Byond, “foi muito importante pra gente estar inserido nesse ecossistema e aprender com as mentorias com a troca de experiência e a felicidade de ter escolhido o MIDITEC para fazer parte”.

 

A metodologia da incubadora, que já foi eleita a 5ª melhor incubadora do mundo pela UBI Global e quatro vezes como a melhor do país pela Anprotec, funciona. Ano passado as startups incubadas faturaram aproximadamente R$ 5 milhões e geraram mais de 100 empregos no estado. Segundo dados da coleta de indicadores realizada anualmente pelo MIDITEC, No total, desde 2013, foram captados pelas empresas incubadas e graduadas cerca de R$ 175 milhões de recursos. Só em investimento em pesquisa e desenvolvimento, foram R$ 139 milhões.

 

Inscrições para nova turma

A incubadora MIDITEC está selecionando startups para sua nova turma do programa de incubação.  São cinco vagas, entre incubação virtual e residente. As inscrições seguem até dia 19 de agosto, pelo link: https://gust.com/programs/miditec-incubacao2018.