Health tech: pré-incubada do MIDI Tecnológico desenvolve aplicativo que auxilia anestesistas

Ainda em estágio inicial, tecnologia desenvolvida pela Anestech já é utilizada por hospitais como o Albert Einstein, em São Paulo

A tecnologia impacta positivamente o setor de saúde, otimizando processos e os deixando mais seguros e precisos com foco no benefício dos pacientes. Pensando em promover eficiência com análise em tempo real do maior número possível de informações sobre os pacientes dentro das salas de cirurgia, a Anestech, empresa pré-incubada no MIDI Tecnológico - fundado e mantida pela Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (ACATE) e pelo Sebrae/SC – mira na Inteligência Artificial para desenvolver uma solução voltada para anestesiologistas e gestores hospitalares que ajuda na gestão de riscos dessa atividade. O caráter inovador da tecnologia nascente fez com que, mesmo ainda em estágio inicial, a solução fosse apoiada por grandes grupos hospitalares, como a Sociedade Beneficente Hospitalar Brasileira Israelita Albert Einstein, em São Paulo.

 

O AxReg, aplicativo desenvolvido pela startup, é parte da solução que melhora o fluxo de trabalho do médico anestesista, melhorando o tratamento dos dados coletados durante cirurgias e procedimentos anestésicos e oferecendo apoio cognitivo em tempo real. A solução atraiu a atenção de outras instituições tradicionais além do Einstein como a Santa Casa de Misericórdia, em Porto Alegre, e o Grupo Hospitalar Santa, de Brasília.

 

Para Diógenes Silva, CEO da Anestech, a solução beneficia os hospitais em duas frentes: “além de contribuir para maior segurança dentro das salas de cirurgia, o AxReg oferece dados que podem ser usados para deixar as instituições mais competitivas”.

 

Durante os quatro meses incubado, o empreendedor, que é anestesiologista e trabalha há dez anos focado em anestesia segura, análise de dados e gestão de riscos, pôde melhorar o desenvolvimento de conceitos de negócios e mercado, além de atualizar questões jurídicas e contábeis da startup. A Anestech conta com dois colaboradores e prevê nos próximos anos estar gerenciando dados de vinte por cento das anestesiologias realizadas no Brasil, impactando a segurança em cerca de dez milhões de procedimentos cirúrgicos por ano.

 

Sobre o MIDI

 

Selecionado quatro vezes como melhor incubadora do país pela Anprotec, o MIDI Tecnológico já ajudou no desenvolvimento de 112 empresas de tecnologia na Grande Florianópolis, o que representa cerca de 14% dos empreendimentos do setor na região. Por meio das mentorias e capacitações que oferece, a incubadora se preocupa há 19 anos em desenvolver ideias de negócios inovadores e empreendedores. O método utilizado ainda compreende aproximação com o mercado, investidores e empresários o que ajuda na validação do negócio, mandando para o mercado empresas com alto potencial de desenvolvimento: cerca de 85% dos negócios iniciados no MIDI ainda estão em funcionamento.